quarta-feira, junho 27, 2012

As fotos perdidas de Hanni Jaeger

Estamos há algum tempo à procura de imagens de Hanni Jaeger. Recentemente tinhamos encontrado uma fotografia da sua irmã, Else. Agora foi-nos possível encontrar (e confirmar) duas fotografias da própria Hanni com cerca de 18 anos (por volta de 1927/1928, 2 anos antes da visita a Lisboa).












A primeira foto (em cima) mostra Hanni com o uniforme escolar. O seu cabelo é mais escuro do que seria de esperar, mas não contraria o poema de Pessoa que o apelida de "louro escuro". Normalmente os alunos escolhiam uma frase que os definisse. Ela escolheu: "O que é meu é teu, e o que é teu é meu". Curiosamente algo semelhante aos princípios da Thelema de Crowley ("Do what thou wilt shall be the whole of the Law"). Será que Hanni já conhecia a obra de Crowley nesta altura? É possível, mas apenas especulativo. De realçar que Hanni parece ter tido acesso a uma bolsa de estudo (scholarship) e interessava-se por Francês e literatura (Oratória e Shakespear). O seu outlook (vocação) é conclusiva: artes. Curiosamente ela será, mais tarde em Berlim, modelo para pintores.



















A segunda foto mostra Hanni (2.ª fila, 2.ª pessoa da direita), com a sua turma de Francês (clube de Francês). O único elemento imediatamente perceptível é a sua altura - não deveria ser muito alta, pelo menos comparativamente com os seus colegas. Pessoa, no mesmo poema que referimos em cima, considera-a alta, pelo que deveria - em 1930 - ter mais do que 1,73m (a altura de Pessoa).

Queremos agradecer a ajuda de diversas pessoas nesta pequena investigação que levámos a curso, nomeadamente: Marco Pasi, Richard Kaczynski, William Breeze e Owen Aylesworth.