sexta-feira, setembro 23, 2011

"Filme do Desassossego" (DVD) - Uma Apreciação Crítica



Saiu no passado mês de Junho a edição em DVD do "Filme do Desassossego". Infelizmente só agora tive oportunidade de a adquirir. Mas quis, mesmo com algum atraso, deixar a minha opinião sobre este DVD, pela sua importância particular no universo Pessoano.

Antes de mais, podem ler a minha crítica ao filme propriamente dito aqui. Vou abster-me de falar sobre o mérito do filme, porque já me pronunciei antes. Deixo só agora alguns apontamentos sobre a maneira como o filme funciona em DVD e sobre os particulares desta edição.

Começo pela maneira como ele foi distribuído: juntamente com o Correio da Manhã. Devo dizer que fiquei surpreendido quando soube, porque o realizador João Botelho fez tanta questão do filme sair da circulação comercial habitual que agora parece um paradoxo libertar o DVD com o jornal mais "comercial" do país... Só se pode mesmo entender por razões comerciais, mas, como ignoro os detalhes da negociação, só posso especular. É positivo que o maior número possível de pessoas veja o filme e isso é que é importante.

Uma segunda nota sobre os extras do DVD. Infelizmente apenas foi incluída uma galeria de imagens, com cerca de 2 minutos, que nos deixa com vontade de ver mais. A edição está muito bem feita e com a música do filme a acompanhar, mas este extra único é mesmo muito pouco. O ideal teria sido um making-off, entrevistas e comentários do realizador e dos actores. Mas isto sou provavelmente só eu a sonhar (com a edição em Blu-Ray). Seria incrível ver o filme com os comentários do Cláudio da Silva! (E já agora com as canções do filme, que são excelentes, em CD ou vídeos separados).

A última nota que deixo tem a ver com a qualidade do DVD. Pelo menos na minha experiência a imagem está demasiado escura, o que me forçou a aumentar a luminosidade da televisão. Não posso dizer se é só da minha edição, mas julgo que não será.

Qual a sensação de ver o filme em casa comparada com a experiência num cinema? Devo dizer que é completamente diferente. Há partes do filme que funcionam melhor num ambiente mais fechado (por exemplo as cenas do escritório ou do quarto). Mas as cenas exteriores, no restaurante, na floresta e nas ruas, funcionam muito melhor no cinema; sobretudo no sítio onde eu tive o privilégio de as ver - no CCB.

Infelizmente é difícil obter o DVD, mas é sempre possível encomendar onde se vendem jornais. Bastam insistirem com quem vos atender e dizer que basta pedi-lo para o Correio da Manhã. Por um lado, serve para filtrar quem quer mesmo ver o filme.

Ps: acho que a escolha de "José & Pilar" para nos representar nos Óscares em 2011 é justa, mas nem sequer se ter discutido o "Filme do Desassossego" lá ir... isso é demasiado injusto.