sexta-feira, agosto 20, 2010

"Trovas do Bandarra" - edição Guimarães Editores



A Guimarães Editores criou recentemente uma colecção que reflecte os planos editoriais (de obras que não eram suas) que Pessoa deixou escritos, mas que infelizmente não conseguiu cumprir em vida, pois as suas aventuras editoriais foram, no mínimo, passageiras. Chamou a essa colecção "Olisipo" (nome da editora criada por Pessoa em 1921).

Já foram publicados alguns volumes nesta colecção e o próximo, que vai sair dentro em breve, é a edição das "Trovas do Bandarra". Trata-se de um livro importante, como influência, na obra de Pessoa, sobretudo na "Mensagem", mas no geral em toda a sua visão Sebastianista (expressa em prosa e poesia). Pode dizer-se que o Bandarra foi uma espécie de "Nostradamus Português", vivendo aliás quase na mesma época do grande astrólogo Francês.

A edição, a cargo de Jorge Uribe, é muito cuidada e lê-se com grande prazer. O formato de bolso não permite grandes pretensões de estudo profundo, mas traz, mesmo assim, um interessante posfácio, bem como muitas ilustrações das notas que Pessoa fez às trovas na sua própria edição do livro.

Só lamentamos uma coisa. Certamente que Pessoa, se o editasse ele próprio, faria um longo prefácio, mas na impossibilidade de o lermos, seria bom termos em anexo as páginas que ele escreveu sobre o tema, embora eu compreenda que por economia de espaço isso não se tenha tornado possível, tendo sido incluída apenas uma selecção das mesmas.

Um agradecimento ao Dr. Jorge Uribe pelo envio de um exemplar para divulgação no blog. Esta edição está já à venda, podendo ser adquirida aqui.