quarta-feira, março 03, 2010

"Jogo de Cartas" (entre Pessoa e Sá-Carneiro)



Nuno Meireles, ao lado de José Carlos Tinoco, apresenta mais uma "leitura encenada" a partir de conteúdos Pessoanos. Desta vez a atenção volta-se para a troca de cartas entre Fernando Pessoa e o seu "irmão de arte" (e grande poeta e prosista por direito próprio) Mário de Sá-Carneiro.

Pretende-se, através da revelação dos "textos epistolares exultantes de conteúdos poético-literários e de revelação sobre as conivências" dar a conhecer "as dores, as angústias, as hesitações, mas também o imaginário inquieto e febril que animou os dois poetas de ORPHEU".

É no Bar-Café Labirintho, no Porto, hoje, às 22h30.