sábado, novembro 15, 2008

Quanto rendeu o leilão Pessoa?

Embora não sejam dados finais, em vista do potencial embargo legal aos 26 lotes disputados pela CML, estes são os valores aproximados que conseguimos apurar:

Lotes no leilão: 70
Lotes vendidos: 51

Valor total: €352.775,50
Comissão da leiloeira: €67.027,34
Lucro para os herdeiros: €285.748,16
Lotes vendidos por mais de €10.000: 11
Média de todos os lotes vendidos: €6.917,1

Top 5 dos lotes vendidos:

Dossier Crowley-Pessoa; € 59.500,00

Arca dos Inéditos; € 59.500,00


"Fernando Pessoa no Chiado"; € 16.065,00


"Horóscopo de Geraldo"; € 15.470,00


"Fernando Pessoa em flagrante delitro"; € 14.280,00

A lista total pode ser consultada aqui (PDF).

Por curiosidade, para o Estado poder accionar o direito de preferência sobre todos os manuscritos vendidos, terá de desembolsar exactamente € 212.653. Se incluíssemos a arca, o valor sobe para € 272.153. Claro que algumas das revistas contêm anotações valiosas e deveriam ser incluídas nestas contas, mas claro que o critério (necessariamente lato) pertencerá ao Ministro da Cultura. No entanto, se o Estado vencer o processo em tribunal, nem terá de licitar pelas revistas e livros.

Ps: a família do poeta continua com muitos documentos em sua posse, pelo que futuros leilões são quase inevitáveis, sobretudo face à incompreensível falta de diálogo produtivo entre a família e o Estado. Só nos podemos lamentar por estes tristes espectáculos públicos, com um voto para que o Estado chegue, de uma vez, a acordo e compre todo o espólio restante junto da família, num acordo que sirva o interesse de ambos.