quinta-feira, novembro 06, 2008

Inês Pedrosa critica leilão do Espólio de Pessoa



Numa conferência dedicada aos 120 anos de nascimento do poeta, na Figueira da Foz, a actual dirigente da Casa Fernando Pessoa deu expressamente a sua opinião sobre o leilão de peças do espólio de Pessoa ainda na posse de familiares, a realizar já a 13 de Novembro em Lisboa.

Segundo Pedrosa, "todo o espólio deveria estar junto para facilitar a investigação", mas "a CFP não tem orçamento" para adquirir peças. No entanto fica o desejo "que quem fique com os artigos os ceda para que todos os possam ver".

Lembramos que o espólio está em processo de classificação como património nacional, processo o qual, se terminado de maneira satisfatória, proibirá que qualquer peça possa sair de território nacional, mesmo que seja adquirida por particulares. A familia tem insistindo na venda sucessiva de peças, segundo Pedrosa usando a justificação de que "tem filhos e netos e que não os pode deserdar".

Notícia via Correio da Manhã