quarta-feira, novembro 19, 2008

BN exerce direito de preferência sobre 14 lotes



Segundo notícias recentes, ainda por confirmar, o Estado terá exercido o direito de preferência sobre 14 lotes que foram a leilão no passado dia 13 de Novembro. Outros 13 terão ficado classificados como património nacional, sendo assim condicionada a sua saída do país.

De acordo com notícia da Lusa, "Entre os lotes sobre que o Estado exerceu direito de preferência estão a carta que a si próprio escreveu o poeta, no dia dos seus anos, dois textos manuscritos sobre temas cabalísticos e o "dossier Pessoa-Crowley"". Confirma-se assim que o Estado protege correctamente o estudo futuro deste valioso dossier, que ainda só foi "estudado" superficialmente na edição de Miguel Rosa que se debruçou sobre o encontro Pessoa-Crowley.

Dentro em breve analisaremos em pormenor os lotes que serão comprados pelo Estado Português.

Notícia via RTP e Expresso